Sinalização de mensagem variável e turístico-cultural

(6 avaliações)

Sinalização de mensagem variável

Estes sinais têm por finalidade melhorar a fluidez da circulação e garantir a segurança dos condutores.


Sinalização turístico-cultural

É utilizada para assinalar regiões que se destacam pelos seus valores patrimoniais e ou paisagísticos; motivos de relevância cultural, histórico-patrimonial e paisagística, acidentes geográficos e parques naturais ou nacionais; conjuntos de locais de interesse turístico-cultural, localidades, com indicação dos motivos de interesse turístico, geográfico-ecológico e cultural.

Mensagem Variável

A sinalização de mensagem variável destina-se a informar o utente da existência de condições perigosas para o trânsito, bem como transmitir obrigações, proibições ou indicações úteis e tem por finalidade melhorar a fluidez da circulação e garantir a segurança dos condutores.

T1 - Região

Indica a entrada numa região e os valores patrimoniais e paisagísticos da mesma, podendo conter pictogramas ilustrativos daqueles valores, no máximo de três, e a designação da região.

T2 - Património

Indica um local, imóvel ou conjunto de imóveis relevantes sob o ponto de vista cultural.

T3 - Património natural

Indica acidentes geográficos, rios, lagos e serras de interesse relevante, bem como parques naturais ou nacionais.

T4a - Circuito

Indica o ponto de entrada no circuito.

T5a - Rota

Indica o início da rota.

T4b - Direcção de circuito

Indica a direcção do circuito.

T5b - Direcção de rota

Indica a direcção da rota que além do símbolo e inscrições previstas no sinal T5a, uma seta, colocada no extremo oposto ao do símbolo.

T6 - Localidade

Indica os motivos de interesse turístico, geográfico-ecológico e cultural da localidade ou do concelho de que a mesma é sede, este sinal contém, além da indicação da localidade, os símbolos correspondentes aos motivos assinalados, no máximo de cinco, bem como a sua designação.

Comentários

Novo Comentário